Inventores Negros

Há controvérsia quando exclamam que negros são intectualmente inferiores. Abaixo, segue uma pequena amostra do que estou dizendo…

Garrett Morgan

Garret Morgan, um afro-americano (nascido em Kentucky, EUA, em 4 de março de 1877), inventou o sistema automático de sinais de trânsito em 1923, e depois vendeu os direitos à corporação General Electric por 40 mil dólares. Começou sua vida de trabalhador como técnico de máquinas de coser e rapidamente inventou um sistema para aperfeiçoar as máquinas, que vendeu em 1901 em menos de 50 dólares. Morgan também inventou a primeira máscara de gás em 1912, pela que obteve uma patente do governo norte-americano.

Elijah McCoy

Elijah McCoy. Tinha nascido em 2 de maio de 1843 em Colchester, Ontario, Canadá. Sendo jovem Elijah foi bom para a mecânica. Depois de estudar em Edimburgo (Escócia), regressou ao Canadá, mas não podia encontrar trabalho. Terminou nos Estados Unidos, onde conseguiu emprego como operário ferroviário em Detroit, Michigan. Era o encarregado de engordurar as maquinarias. McCoy decidiu desenvolver um sistema para engordurar que não fizesse parar o funcionamento das máquinas e em 1872 inventou um sistema de gotejamento para máquinas de vapor que permitiu engordurá-las durante a marcha.
Em 1929, quando McCoy morreu, tinha mais de 50 patentes a seu nome, inclusive, uma mesa de ferro e um rociador de grama. Seu dispositivo para engordurar as máquinas de vapor cimentou a revolução industrial do século 20.

Raphael E. Armattoe (1913-1953), candidato ao Prêmio Nobel de Medicina em 1948, encontrou a cura para a doença do verme da água da Guiné com sua droga Abochi na década de 1940. Ele também fez uma extensa investigação sobre as diferentes espécies de ervas e raízes africanas de uso medicinal.

Jan Ernst Matzeliger
Jan Ernst Matzeliger (1852-1889) inventou a ‘máquina sem fim’ que impactou grandemente na indústria dos sapatos do mundo. Obteve uma patente do governo em 1883. após vendeu os direitos à firma Consolidated Hand Method Lasting Machine Co. Quando morreu, em 1889, tinha outras 37 patentes a seu nome. Foi honrado pelos Estados Unidos em 1992 com um selo de correios com seu retrato.

Granville T. Woods

Granville T. Woods (1856-1910) inventou um novo transmissor do telefone que revolucionou a qualidade e distância à que podia viajar o som. A companhia de telefones Bell comprou a patente de Woods, cujo trabalho mais memorável foi a melhora que logrou para os trens. Primeiramente, ele inventou o “sistema de telegrafia ferroviário”, que permitiu enviar mensagens de trem a trem, mas em 1888 melhorou seu invento com um sistema que permitiu eletrificar os trens.
Dra. Patricia E. Bath

Em 1986, a Dra. Patricia E. Bath, uma oftalmologista, inventou um dispositivo laser que tem se usado desde então na cirurgia de cataratas.

Richard Spikes desenvolveu a caixa de câmbios automáticos para os automóveis em 1932.

George Carruthers

George Carruthers, um astro-físico da NASA, desenvolveu a câmera remota ultravioleta que se usou na missão da Apolo XVI e que permitiu ao mundo ter uma visão das crateras da lua na década de 1960. Sua combinação de telescópio e câmera é ainda usada nas missões dos transbordadores.

Agora, tire suas próprias conclusões…

Shikoba.

Tags: , ,

8 Respostas to “Inventores Negros”

  1. Ana Luiza Says:

    Sugestão…de assunto…
    Beduíno , vc poderia colocar algumas personalidades negras brasileiras…que vc acha ???rsrsr
    Beijo
    Ana

  2. Odair Tiezzi Duque Says:

    Seria muito bom desenvolver algum filme sobre estes gênios, para tirá-los do anonimato, teria que ser um filme digno de Oscar, mas primeiro lançado em países neutros, como Brasil, Africa, etc…
    Onde o mundo tivesse a atenção da massa.
    Mas com todo o realismo e pessoas envolvidas, que dessem origem a seriados de TV.
    Mostrando os verdadeiros heróis dos tempos modernos, não a título de reinvidicação mas demonstração, pois quando a massa perceber o quanto sofreram injustiças, a própria massa reinvidicará.
    Teria que ser demonstrada a simplicidade e habilidade, tal como no filme “Quase Deuses”, onde o grande médico e desenvolvedor é o Dr Vivian.

    • beduinovirtual Says:

      Esse filme é inspirador, o seu comentário me motivou a escrever um post sobre ele. Obrigado por participar do blog.

      Shikoba!

  3. El Predicador Says:

    Eu sou africano puro e sinto-me honrado nesse artigo, obrigado ao autor…infelizmente até o próprio africano auto-menospreza-se….porém sei de antemão que o criador de toda a raça é o mesmo, logo não há como uns serem ou possuirem QIs superiores apenas por serem de alguma raça pois isso seria uma grande justiça e Deus não é injusto!
    Obrigado!
    El Predicador
    (Angola)

    • beduinovirtual Says:

      Olá meu irmão de cor. É um prazer receber um comentário de um amigo de tão longe. Concordo quando diz que independente de cor, Deus nos fez iguais em capacidades intelectuais. Aqui no Brasil, muitos de nós se sentem assim também. Fator antropológico que afetou todos africanos e afrodescendentes. Enquanto existirem os que se orgulham de seus ancestrais, assim como eu e você, haverá busca pela verdade.

      Eu que agradeço,

      Shikoba!

  4. El Predicador Says:

    “uma grande injustiça”, quis dizer!

  5. Raafaela Says:

    noosa adorei este site me ajudou muito no meu trabalho da escola muito Obg.!
    Beeijinhos :**

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: